CASTOR INTERNATIONAL - BRASIL

Com Castor, invista na VINCI
Preço de subscrição da ação VINCI : 73,41€

CASTOR INTERNATIONAL - BRASIL


Com Castor, invista na VINCI
Preço de subscrição da ação VINCI : 73,41€
Voltar


Perguntas Frequentes

Porquê escolher a Castor?

Castor, a nível internacional e em França, é o programa de poupança dos funcionários do grupo VINCI que visa, sempre que possível, possibilitar aos funcionários que assim o desejem tornarem-se acionistas da VINCI com condições vantajosas.
O objetivo da VINCI é partilhar os frutos do desempenho e fortalecer o sentimento de pertencer ao grupo VINCI.

Quais são as vantagens da Castor International?

A.Um bónus da empresa sob a forma de ações bonificadas, podendo ir até 80 ações VINCI.

A VINCI acompanha o seu esforço de poupança com a atribuição de ações bonificadas, variável por parcela de pagamento. A regra adotada favorece os pequenos investidores: para o equivalente às 10 primeiras ações subscritas, são oferecidas 20 ações.



Estas ações bonificadas são adquiridas definitivamente pelo funcionário três anos após o seu investimento, na condição de permanecer funcionário da empresa.

B. Dividendos pagos pela VINCI

Beneficiará desde o início dos dividendos pagos pela VINCI sobre as ações subscritas, quando aplicável, e depois também sobre as ações bonificadas após a respetiva aquisição definitiva.
Na qualidade de acionista, recebe esses dividendos duas vezes por ano. São reinvestidos em ações VINCI e creditados na sua conta Castor.

C. Cobertura dos custos de gestão de conta pela sua sociedade

Como funcionário, não suportará os custos de gestão de conta nem as taxas de adesão, que são pagos pela sua sociedade.
Quando sair da sociedade (à exceção das saídas por reforma) e mantiver as ações, deve pagar estes custos, que são deduzidos diretamente dos seus ativos.

Quem pode participar na operação Castor International?

Todos os funcionários de uma sociedade aderente ao plano de poupança do grupo de acionistas internacional (PEGAI), e que possam provar uma antiguidade mínima de 6 meses, consecutivos ou não, ao longo dos últimos 12 meses no momento da subscrição.

Quais são as sociedades aderentes à Castor International?

Salvo em casos específicos, são sociedades em que a VINCI detém mais de 50% num dos países elegíveis à oferta.

Quais são os países participantes na Castor International?

Até à data, os países abrangidos pela Castor International são:
Alemanha, Austrália, Áustria, Bahrein, Bélgica, Brasil, Camarões, Camboja, Canadá, Chile, Emirados Árabes Unidos, Eslováquia, Espanha, Estados Unidos, Estónia, Finlândia, Grécia, Hong Kong, Indonésia, Itália, Letónia, Lituânia, Luxemburgo, Malásia, Marrocos, México, Noruega, Nova Zelândia, Países Baixos, Peru, Polónia, Portugal, Reino Unido, República Checa, República Dominicana, Roménia, Sérvia, Suécia, Singapura, Suíça.

Como participar na operação Castor International?

São possíveis duas soluções, consoante o país:
- subscrever online através do site Amundi
Para tal, é necessário que a sua entidade patronal tenha fornecido o seu endereço de e-mail, para que o nome de utilizador e a palavra-passe lhe sejam enviados por e-mail;
- preencher o formulário de subscrição em papel e enviá-lo ao seu correspondente da Castor.
O formulário de subscrição está disponível na secção "Documentos".

Nunca recebi o nome de utilizador nem a palavra-passe, como devo proceder?

Contactar o seu correspondente da Castor dentro da sua sociedade.

Esqueci-me do meu nome de utilizador e da palavra-passe, como devo proceder para subscrever online?

Ligue-se ao site de subscrição online Amundi e clique em "esqueci-me das credenciais de ligação" e, de seguida, introduza o seu endereço de e-mail.

Quanto posso investir na Castor International?

O pagamento mínimo é igual ao preço de subscrição de uma ação VINCI.
O pagamento máximo não pode exceder 25% da sua remuneração anual bruta, salvo se houver uma cláusula específica em vigor no seu país.

Como é calculado o preço de subscrição?

O preço de subscrição é igual à média das 20 cotações na Bolsa que precedem a abertura do período de subscrição.
Sendo as ações VINCI cotadas em euros (€) na Bolsa de Paris, o preço de referência é, portanto, em euros (€).
Para os países fora da zona euro, o preço de subscrição é convertido na moeda local, mantendo a taxa de câmbio do dia precedente à abertura do período de subscrição.

Quando posso subscrever?

A oferta tem um prazo limitado e o período de subscrição é aberto uma vez por ano durante três semanas. Os formulários de subscrição enviados fora deste período não poderão ser tidos em conta.

Quais os diferentes meios de pagamento possíveis?

Os meios de pagamento à sua disposição estão especificados:
- no seu formulário de inscrição,
- no site de subscrição online Amundi

O que acontece se eu sair da minha empresa entre o momento da subscrição e a conclusão da operação?

A conclusão da operação corresponde à data de aumento de capital que ocorre nas semanas seguintes ao período de subscrição e cuja data exata está especificada no folheto de cada operação.
Neste caso específico, não beneficia das ações bonificadas.
Por conseguinte, não há qualquer vantagem em subscrever esta operação.

O que acontece após a minha subscrição?

No seguimento da sua subscrição, irá receber um extrato de conta por parte da Amundi TC, confirmando o seu investimento e a atribuição dos direitos às ações bonificadas.

Vou sair em breve da empresa, posso participar na Castor International?

Perderá os seus direitos às ações bonificadas se sair do Grupo antes do fim do período de carência (três anos) ou se for transferido para outro país do Grupo.
Em caso de demissão, perderá os seus direitos às ações bonificadas:
- no dia do envio da sua carta de demissão;
- no dia da confirmação da rescisão;
- no dia da entrega em mão da sua carta de demissão ou da confirmação.
Em caso de despedimento por justa causa, perderá os direitos às ações bonificadas no dia da notificação de despedimento.
Consoante o seu motivo de saída, esta perda de direitos às ações bonificadas poderá, ou não, ser compensada financeiramente. (Para mais informações, consulte a pergunta “O que acontece às minhas ações bonificadas se sair do Grupo antes do fim dos três anos de bloqueio (exceto no caso de um contrato a termo certo)?”.)

Em contrapartida, deixará de poder subscrever futuras operações da Castor International.
No momento em que sair do Grupo, é importante verificar se as minhas informações pessoais estão atualizadas (endereço de e-mail, morada, etc.)

Em que momento posso resgatar as minhas poupanças?

No âmbito da operação Castor International, as suas poupanças ficam indisponíveis durante três anos, a partir da data de realização da operação.
A título excecional, os ativos podem ser reembolsados antes da maturidade do prazo de carência, em alguns casos. Veja os diferentes casos de reembolso antecipado na pergunta “Quais são os casos que permitem o reembolso antecipado?”.

Quais são os casos que permitem o reembolso antecipado?

- morte;
- invalidez;
- cessação do contrato de trabalho (reforma, demissão, despedimento, etc.);
- saída do perímetro das sociedades aderentes à Castor International;
- transferência do Grupo para outro país.
O pedido de resgaste antecipado pode afetar os seus ativos disponíveis e indisponíveis

O meu investimento na Castor International é de risco?

Como em qualquer investimento em ações, as suas poupanças no âmbito da Castor International estão sujeitas à subida e descida do valor da ação VINCI.
Para países fora da zona euro, está também sujeito aos riscos do câmbio.

O que acontece às minhas ações bonificadas se sair do Grupo antes do fim dos três anos de bloqueio (exceto no caso de um contrato a termo certo)?

Perco o benefício das ações bonificadas
Consoante o motivo da minha saída, a minha entidade patronal pagar-me-á, ou não, uma compensação financeira.


Caso específico dos contratos a termo certo

Salvo se solicitar o reembolso do seu investimento pessoal por cessação do contrato de trabalho, o fim do seu contrato a termo certo não anula imediatamente os seus direitos às ações bonificadas.
No final do período de bloqueio de três anos, há duas situações:
- é funcionário da sua empresa, as ações bonificadas ser-lhe-ão oferecidas;
- já não é funcionário da empresa, não receberá ações bonificadas nem compensação financeira.

Como é calculada a compensação financeira para os good leavers?

O número de ações subscritas inicialmente calculado x o preço de subscrição inicial de cada operação não liquidada.

Exemplo: vou reformar-me em agosto de 2019 e, por conseguinte, posso beneficiar das ações.
Subscrevi 10 ações durante o curso das operações de 2017, 2018 e 2019.
Portanto, tenho direito a 20 ações bonificadas relativamente a 2017, 20 ações bonificadas relativamente a 2018 e 20 ações bonificadas relativamente a 2019.
O preço de subscrição para a operação de 2017 foi 77,67 €
O preço de subscrição para a operação de 2018 foi 84,50 €
O preço de subscrição para a operação de 2019 foi 88,08 €

Portanto, a minha compensação financeira será:
(20x77,67 €) + (20x84,50 €) +(20x88,08 €) = 1553,4 €+1690 €+1761,6 € = 5005 €

Esta compensação financeira é paga pela minha entidade patronal no momento da minha saída e é geralmente adicionada ao meu salário, ficando, portanto, sujeita a impostos e taxas.
Para os países fora da zona euro, esta compensação é paga na moeda local.

O que acontece após os três anos? Sou obrigado a vender os meus ativos?

As suas poupanças ficam disponíveis e recebe as ações bonificadas da VINCI se permanecer funcionário do Grupo e se tiver mantido totalmente o seu investimento inicial.
Tem então a liberdade de manter as suas ações VINCI dentro do plano de poupança do grupo (PEG) Castor International ou vendê-las na totalidade, ou em parte, a qualquer momento.

Como posso acompanhar as minhas poupanças?

Pode consultar o valor das suas poupanças a qualquer momento no site Amundi ou no seu extrato de conta, ou no separador "acompanhar as minhas poupanças".

Como devo proceder para resgatar as minhas poupanças?

Para resgatar as suas poupanças disponíveis, ligue-se à sua conta online Amundi ou no separador "como desbloquear".
Para resgatar as suas poupanças indisponíveis, contacte o seu correspondente da Castor.

O que acontece quando o meu pedido de reembolso é validado?

Ao receber a sua ordem, a Amundi TC procede à venda dos seus ativos no dia seguinte de cotação na Bolsa, com base na cotação de abertura da ação VINCI na Bolsa de Paris.
A Amundi TC gera os pagamentos para a sua sociedade.
A sua empresa recebe o montante e transfere-o para si no momento da receção.
O período de tempo entre a execução do seu pedido de resgate e a receção da soma pela sua empresa é de uma a duas semanas.

Posso resgatar o meu capital antes dos três anos, sem ser num caso de reembolso antecipado?

A partir do momento da subscrição, as suas poupanças ficam indisponíveis durante três anos. Por conseguinte, não pode resgatar as suas poupanças salvo em caso de reembolso antecipado. Veja os diferentes casos de reembolso antecipado na pergunta “Quais são os casos que permitem o reembolso antecipado?”.

O que é um fundo comum de investimento da empresa (FCPE)?

Na maior parte dos países, as ações subscritas são detidas pelo mediador de um fundo comum de investimento da empresa (FCPE). UM FCPE é uma carteira de valores mobiliários detida em copropriedade por todos os funcionários subscritores de unidades de participação do FCPE. Ao participar na oferta, não será acionista direto da VINCI. Será detentor, portanto, de unidades de participação do FCPE Castor International.
Em alguns países onde a regulamentação não o permite, as ações VINCI são detidas diretamente.

Qual é a diferença entre o valor de uma unidade de participação do FCPE e o valor de uma ação VINCI?

O valor de uma unidade de participação do FCPE é definido diariamente com base na cotação de abertura da ação VINCI na Bolsa de Paris.
Existe uma diferença muito pequena entre o valor de uma unidade de participação do FCPE e a ação VINCI, que está associado aos custos operacionais do FCPE.
Estes custos operacionais são inferiores a 0,1% por ano.

Como funciona o FCPE Castor International?

O FCPE é regulamentado por um conselho de fiscalização composto pelos membros representantes dos funcionários e da administração, cujo papel é representar os funcionários acionistas e exercer os direitos de voto associados às ações VINCI detidas pelo FCPE na assembleia geral.
Todas as funções do conselho de fiscalização estão disponíveis no regulamento do FCPE, disponível no site castor.vinci.com
Cotação da ação VINCI 73.000€ +0.27 %   22/09/2020 09:16